Dia dos namorados é criação do pai de João Doria

14 de junho de 2017
João Doria, o pai / Reprodução de internet

João Doria, o pai / Reprodução de internet

Essa semana foi comemoramos o Dia dos Namorados aqui no Brasil. Vale lembrar que o nosso país é o único no mundo que celebra a data no dia 12 de junho, enquanto o resto do mundo o faz no dia 14 de fevereiro, dia de São Valentim. Por que no Brasil a data é diferente? Culpa do pai do prefeito de São Paulo, João Doria.

É isso mesmo. Se nesse dia 12 de junho você postou uma foto com seu amor no Facebook, a culpa é do pai do Doria. João Doria, o pai, era publicitário. Um dos bons, diga-se de passagem. Ele chegou a ser chamado de João Dólar por causa dos lucros que trazia para seus clientes. E pensando nisso, as Lojas Clipper, uma rede de departamentos, o contratou para alavancar as vendas em junho.

A loja alegava que não tinha nenhum grande evento para impulsionarem as vendas entre o dia das mães e o dia dos pais, além do Natal e início do ano. Pensando nisso, Doria pensou em criar o Dia dos Namorados brasileiros, já que a data mundialmente é comemorada bem perto do Carnaval, uma data em que as vendas costumam ser boas.

Para tal criação, ele se aproveitou do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro, dia 13 de junho, e criou a data. Isso foi em 1948.

A ideia deu tão certo que perdura até hoje. Não só sobrevive como é a terceira data que mais vendo no Brasil. Perde apenas para o Natal e o Dia das Mães. Estima-se que o gasto na data seja em torno de R$ 1,5 bilhões.

Clique aqui e curta a página do História em Pauta no Facebook.

Leia as outras postagens do História em Pauta.

Postado por: às 11:06 am